Um espaço para compartilhar ideias, momentos, informações, carinhos e emoções!!


sexta-feira, 11 de agosto de 2017

BC Uma imagem - 140 caracteres: Lembrança, saudade e orgulho.


Não poderia ser outra a imagem para essa sexta-feira. 
A cena me fez lembrar imediatamente do meu pai e de quantas oportunidades tivemos de estreitar nossos laços que eram muito mais do que laços de sangue – amigo, protetor, disciplinador, carinhoso à maneira da sua época, trabalhador, exemplo de correção e honestidade e muitas outras qualidades eu poderia citar. Lembranças da infância, juventude, da vida adulta enquanto solteira ou mesmo depois de casada com filhos são tantas e marcantes que seria até difícil escolher entre elas, mas quero me referir à imagem de hoje e à lembrança que me veio à mente.
Arnaldo Pedroso e seus filhos: Sonia, Reinaldo e Dulcinéia.
Meu pai deixou aflorar efetivamente todo seu afeto e carinho quando vieram os netos. Com eles e para eles criava fantasias que os encantavam.  Ver a imagem do homem de costas e com a criança ao lado, (embora seja imagem junto ao mar) lembrei de vê-lo  passeando com a neta Ana Paula pelo campus do Colégio Agrícola de Frederico Westphalen. Caminhava levando balas nos bolsos e de espaço em espaço abaixava-se como se fosse apanhar algo, passava a mão numa ervinha ou pequena planta, de onde “colhia” uma bala. Claro que ela aos 4 aninhos acreditava que a planta produzia as balas e queria fazer o mesmo, mas ele dizia que só ele sabia quais eram as plantas certas.
 Ô saudade!!


Lembrança, saudade e orgulho vêm à mente a cada Dia dos Pais. Agradeço a Deus por ter nascido para conhecer e amar Arnaldo Pedroso, meu pai.

Aproveito para abraçar os pais que me seguem e os que seguem os blogs que eu sigo, desejando que tenham muitas alegrias no dia dos Pais e em todos os dias de suas vidas.

Vamos ver as demais participações? Estão lá nos blogs da SILVANA e no da MARI. Clica nos nomes delas e confere, tá?




6 comentários:

  1. Que linda homenagem, essas lembranças são preciosas e eternizadas na alma.

    ResponderExcluir
  2. Olá, querida Sonia!
    Você demonstrou que ainda o ama... que beleza de postagem!
    Seja muito abençoada e feliz!
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
  3. Lindas tuas lembranças e homenagem ao teu pai nessa participação! Valeu! bjs, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  4. Que bela historia de vida Sonia com esta ternura espalhada pelas plantinhas que davam balas. Amei.
    Emocionante.
    Abraços e grato pela lembrança aos pais.

    ResponderExcluir
  5. Olá Sónia já deu para ver que passou por aí o dia do Pai,adorei suas lembranças por Portugal o dia do Pai é a 19 de Março e o dia da Mãe é sempre no 1º domingo de Maio, boa semana beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Mas olha eu quando tinha os meus cinco anitos andava numa creche dentro de uma Tapada, quando havia festa na relva colocavam rebuçados e a criançada corria para os apanhar, anos mais tarde de tarde ía para escola que ficava do lado de fora da Tapada e sempre que passava naquela relva ía sempre com atenção olhos postos no chão para ver se apanhava rebuçados, claro que não mais apanhei, hoje sei que era uma brincadeira e que a relva não produz rebuçados eheheh beijinhos

    ResponderExcluir