Um espaço para compartilhar ideias, momentos, informações, carinhos e emoções!!


sexta-feira, 26 de agosto de 2016

BC Uma imagem- 140 caracteres: Desastre iminente!




Desastre iminente! Este cafezinho sobre o note tem tudo pra dar errado. Ao pegar o lápis para rascunhar no bloco de notas, vai-se o teclado. 

Impossível não fazer a relação com os meus acidentes com os teclados. A teimosia em tomar chimarrão enquanto digitava algo custaram-me dois teclados e, quando vi a imagem, lembrei imediatamente. Certa vez fiz uma postagem onde fiz uma analogia entre "álcool x direção" e "chimarrão x computador", vou acrescentar " cafezinho x teclado" também não combinam se quem está entre a cadeira e a tela for desastrada como eu. kkkkk
Vamos ver as demais participações? Basta clicar AQUI para ver quais as ideias que surgiram em função da imagem.

sábado, 20 de agosto de 2016

BC Sementes diárias: luminária.




Existem alguns termos em decoração, design e construção de imóveis que muitas vezes utilizamos sem ter a certeza de seu significado. Assim é “luminária”, termo abrangente para pendente, lustre, luminária de chão, de mesa e outros tantos. Então minha participação na BC da CHICA que pode ter vários significados, ficou assim:

Independe da luminária, importa iluminar o caminho.
 





sexta-feira, 19 de agosto de 2016

BC Uma imagem - 140 caracteres: Um mundo melhor.



Hum, sei não! O que poderia justificar essa imagem? Muita sede a ponto de esquecer a relação predador-presa? Terem sido criados juntos fazendo parte de um mesmo parque desde a infância? Seja qual for a justificativa, o momento revela a grande lição que a humanidade tem que aprender – aceitar as diferenças – conviver em paz e harmonia. Minha participação na BC da sexta-feira está no blog da SILVANA juntamente com a dos demais participantes. Passa lá!

Leões e zebras, brancos e negros, católicos ou não vivendo em harmonia. Que diferenças não passem de diferenças. Um mundo melhor é possível!!

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Em tempos de olimpíada.

Quando soube que o Brasil era candidato à sede das Olimpíadas 2016 pensei, assim como a grande maioria dos brasileiros, que não devíamos sediar um evento deste porte, que o dinheiro que seria investido deveria ser investido em saúde, segurança, habitação, enfim em melhorias para a condição social e econômica do povo brasileiro. Pois bem, o Brasil venceu a disputa e tornou-se sede dos Jogos Olímpicos 2016.
Então pensei: agora é fazer bem feito. Uma abertura maravilhosa a despeito do medo de que virasse só em carnaval.Parece que assim está sendo, digo, parece, porque muitas vezes a mídia deixa de divulgar os problemas para não prejudicar a imagem do país - sede.
Ouvi de algumas pessoas que a performance do Brasil na Olimpíada seria um fiasco, que não conseguiríamos medalhas, enfim, nossa participação seria vergonhosa. Sempre que ouvia esse comentário respondia: não temos tradição de grandes performances, não temos estrutura olímpica.  Mais importante do que as medalhas é conseguir realizar um grande evento, sem grandes problemas e os que surgirem possam ser solucionados rapidamente sem prejuízo para os participantes, importante mesmo é que nossa imagem frente ao mundo seja de um grande país, de um grande povo.
Já comentei em postagem anterior que sou de família ligada aos esportes: meu pai foi goleiro profissional civil e militar, frequentávamos os estádios desde muito cedo, casada, meu marido era jogador de futsal, eu joguei vôlei e pratiquei atletismo no colégio e na universidade. Meus filhos são todos esportistas de futsal e vôlei. Depois disso tudo, devo dizer que estou maravilhada assistindo jogos, disputas, pódios, lágrimas, sorrisos, recordes, decepções ( algumas nossas), outras surpresas (nossas também)
Oxalá, depois de encerrados os jogos, restem na nossa memória só boas coisas e que nossas autoridades sintam o quanto o esporte pode fazer pelo nosso país, e para toda a humanidade.
Sei que a violência não acabou, que os hospitais estão abarrotados, que há gente dormindo nas ruas, crianças abandonadas, que em Brasília devem estar  votando coisas de que saberemos só depois dos jogos mas permitam-me alienar-me por um tempo, como brasileira amante do esporte, eu preciso, eu mereço.
Respeito todas as posições em contrário.

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Botando a cabeça pra funcionar - nenúfares.


 Mais uma bela imagem nos traz o desafio da Chica para o Neno e para todos nós seus seguidores. A flor do nenúfar tem muitos significados e todos eles, de uma forma ou de outra, remetem para a elevação da mente acima das coisas mundanas. Então:

Façamos como o nenúfar que transforma lodo em uma bela flor, ensinando que aquilo que nos parece feio e escuro pode trazer na sua essência algo deslumbrante.



 




sábado, 13 de agosto de 2016

BC Sementes diárias: uma palavra - uma frase.



Estive pensando na razão pela qual as palavras sugeridas pela Chica nas BCs me trazem lembranças de tempos passados, concluí que há uma só razão: a idade. É evidente que após 70 anos de vida entrei em contato de uma forma ou de outra com um sem número de palavras e, é claro cada uma delas traz a minha memória fatos ou momentos vividos. Não foi diferente dessa vez: pétalas é a palavra. Veio à minha memória um momento muito interessante vivido por mim juntamente com meus pais e irmão nos idos de 1950/51 em Santo Ângelo, RS.
Era aguardada ansiosamente a visita de Getúlio Vargas a cidade de Santo Ângelo e, como já comentei em postagem anterior, moramos lá algum tempo. As escolas, instituições, população em geral preparou-se para o grande momento juntando pétalas de rosas em saquinhos e distribuindo para que fossem lançadas quando da passagem do presidente. Imaginem uma menininha de 5 anos com um saquinho de pétalas de rosas nas mãozinhas e uma barreira de pessoas a sua frente – lembro de ter jogado as pétalas e que elas caíram aos meus pés e de forma alguma atingiram o alvo ilustre. Decepção deve ter sido a razão de não ter esquecido o fato. De volta à atualidade e pensando nos nossos governantes, a minha frase é uma pergunta para você, participante da BC:

Para qual político lançarias pétalas de rosas?

Depois de responder a minha pergunta , passa lá no blog da CHICA e verifica as demais participações.


sexta-feira, 12 de agosto de 2016

BC Uma imagem - 140 caracteres: Como bolha de sabão.

Que imagem interessante nos propõe a Mari, hoje. Que momento mágico registrou o fotógrafo! 
Fazer bolhas de sabão é uma das brincadeiras atemporais, toda criança adora ver crescer a bolha na extremidade do canudinho (era feito do cabinho/pecíolo da folha de mamoneiro, na minha infância, hoje são aros plásticos) e se maravilhar com as variações das cores que se formam na bolha. A minha participação e a que segue e as demais podemos conferir clicando AQUI:

Por instantes pensei que seria eterno, bastou pouco tempo  para eu perceber que era frágil demais assim como frágeis são as bolhas de sabão.